A concepção do nome Perface tem como propósito a possibilidade de ser compreendido e pronunciado perfeitamente em três idiomas: português, inglês e espanhol.

Partindo da união de duas palavras relevantes, perfeição e face, o nome originado comunica com memorável sonoridade o conceito de beleza, atributo natural que pode ser ressaltado por intervenções estéticas possibilitando aos pacientes reencontrarem o equlíbrio físico e mental. A marca Perface por sua vez contempla uma simbologia de distintos elementos associados direto e indiretamente ao universo de cirurgia plástica. Silhuetas femininas formadas pelo contraste de figura e fundo integram-se harmoniosamente com perfis masculinos, cuja reflexão denota a satisfação de olhar-se no espelho e sentir-se bem consigo mesmo. A perfeição de uma flor, sinônimo de beleza, é ressaltada através da coroa de pétalas, cuja duplicidade de interpretação está associada ao cortejar do leque de penas de um pavão. As figuras femininas com os bustos a mostra sugerem uma leitura visual contemporãnea das estátuas gregas e romanas como Vênus de Milo, cujos padrões clássicos de beleza continuam a despertar admiração até os dias de hoje. Combinando o revigorante aspecto do verde e a serena qualidade do azul, o turquesa evoca pensamentos de tranquilidade, restaurando nossa sensação de bem-estar através da associação à cor da água e do céu. Trata-se de uma cor na qual a maioria das pessoas reagem de maneira positiva e por ser universalmente agradável aos nossos sentidos, gera interesse tanto ao público masculino quanto feminino. Eleita como a cor de 2010 pela autoridade mundial de cores Pantone®, o turquesa é classificado como uma cor muito especial em várias culturas, acreditando ser um talismã de proteção associada a profunda compaixão e cura, além de representar confiança e verdade. Sua vivacidade é elegantemente equilibrada com a neutralidade do fendi usado no logotipo.

O logotipo PERFACE é formado pelo design de uma tipografia exclusiva, cujos caracteres de traços sofisticados e modernos correspondem ao estilo gráfico do símbolo. A composição final resulta na simetria de uma unidade iconográfica emblemática, que sintetiza um conjunto de valores agregados ao quociente de beleza potencializado pelo instituto.