Seja através de dietas e exercícios, seja através de cirurgias bariátricas, a perda de peso é, sem dúvida, uma grande conquista. Uma vitória da saúde.

As cirurgias plásticas de contorno corporal trazem, desde que, realizadas no momento ideal (estabilidade do peso, condições nutricionais adequadas, liberação do médico que acompanha o paciente) e alinhadas as expectativas do paciente, uma condição de bem estar físico, mental e social.

O Blog Oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, trouxe dicas para os pacientes que desejam fazer cirurgia plástica após reduzir muito o peso.

1) Peso estável: é preciso que não ocorra mais variação de peso por pelo menos seis meses antes da cirurgia. O ideal é que o paciente espere por dois anos, aproximadamente, antes de fazer o procedimento. Isso dará tempo para a pele diminuir o máximo possível e a nutrição ser estabilizada e otimizada, fatores que ajudarão na recuperação.

2) Boa saúde: o paciente não deve ter nenhum problema médico crônico, como diabetes ou doenças no coração. Pessoas nessas condições não são bons candidatos ao procedimento. É preciso ter a aprovação do médico que acompanha a sua saúde.

3) Dieta saudável: se alimentar corretamente é importante. Isso evita que o paciente tenha deficiências nutricionais que possam prejudicar o pós-operatório. O ideal é checar com seu médico sua condição.

4) Não fume: o tabagismo prejudica o processo de recuperação e aumenta o risco de intercorrências durante e após a cirurgia. Se o paciente for fumante, deve parar pelo menos seis semanas antes do procedimento ser realizado.

5) Mente forte: a cirurgia de contorno corporal exige paciência e perseverança. É importante que o paciente esteja preparado para enfrentar todas as etapas da operação.

6) Expectativas reais: a cirurgia trará benefícios para seu contorno corporal, mas nunca poderá dar ao paciente um corpo igual a um que não tivesse ganhado tanto peso e nem um equivalente ao de juventude. É preciso entender que o procedimento também não evita o envelhecimento natural do corpo e a conseqüente perda de firmeza da pele.

Dra. Bárbara Zilli
Cirurgiã Plástica
Especialista em Cirurgia de Pálpebras e Cirurgia Reparadora

Fonte: cirurgiaplastica.org.br/blog
Com informações do Smart Beauty Guide

Saiba mais sobre