perface-fb-b

Entre os traumas mais frequentes estão: queimaduras, acidentes automobilísticos e violência interpessoal.

O atendimento a pessoas que sofreram algum tipo de atendimento deve ser inicialmente multidisciplinar envolvendo cirurgia geral, neurocirurgia, ortopedia e cirurgia plástica.

A cirurgia plástica reconstrutora tem papel fundamental no reparo ou correção de sequelas geradas pelo traumatismo. A atuação da especialidade nesses casos é muito abrangente, de acordo com o local a ser reparado. Há lesões que necessitam de reconstruções de membros inferiores, reconstrução de mão, tratamento de áreas queimadas, reconstruções faciais entre outras.

O objetivo da cirurgia plástica nesses casos é não só devolver o aspecto físico para o paciente ou amenizar as deformidades causadas pelo traumatismo, mas sim reinserir esse paciente na sociedade devolvendo também parte da dignidade dele, para que ele volte a se sentir “igual” aos seus pares.

Dr. Fernando Nakamura
Cirurgião Plástico
Diretor Técnico Médico
CRM-DF 17.858 / RQE 9333

Saiba mais sobre