Cresce procura por mamoplastia redutora

De um tempo para cá, houve um aumento de pessoas que procuram pelo procedimento de redução de mamas, mais conhecida como mamoplastia redutora. Se foram os principais ou não, a mídia e a publicidade também foram responsáveis por essa mudança.

No último ano, celebridades e modelos decidiram retirar ou diminuir próteses de silicone para manter as mamas mais próximas do natural com a justificativa de ser mais elegante e confortável. De fato, conviver com mamas de grande volume pode resultar em lesões nos ombros causadas pelo sutiã, dores musculares e nas costas, além de aparentarem exageradas em alguns casos.
Mesmo que essa seja uma direção que leve a diminuição de casos de cirurgias plásticas exageradas, é importante saber que a mamoplastia ou qualquer cirurgia plástica devem ser feitas para revelar a beleza e saúde naturais do corpo e não para refazê-la afim de seguir tendências e padrões mostrados pela mídia e publicidade.
Dada essa dica, vejamos com mais detalhes sobre o procedimento para deixar mamas muito grandes ou muito flácidas com aspecto mais natural:

Mamoplastia redutora
Nesse procedimento, que também é conhecido como mastoplastia redutora, é feita a redução do volume mamário por meio da remoção do excesso de tecido mamário e pele. Dessa forma, a mama ganha um aspecto mais proporcional ao restante do corpo. Caso seja necessário, a aréola também pode ser reduzida e reposicionada nesse mesmo procedimento.
A mamoplastia redutora é melhor indicada para pacientes com:
• Dores nas costas, pescoço e ombros devido ao peso das mamas;
• Mamas pesadas e caídas, com aréolas muito baixas, ou mamas muito grandes e desproporcionais ao corpo;
• Irritação na pele abaixo das mamas;
• Lesões causadas pelo sutiã nos ombros;
• Restrições a atividades físicas ou sentimento de falta de autoconfiança devido ao volume mamário.

Mastopexia
A mastopexia não tem como objetivo aumentar ou diminuir o volume mamário, como a mamoplastia, mas dar a aréola e o mamilo uma forma e posicionamento mais equilibrado ao seu corpo. O procedimento cirúrgico levanta o tecido mamário e reposiciona a aréola e o mamilo para chegar ao resultado esperado. Ainda no mesmo procedimento, é possível que a aréola seja reduzida.
A mastopexia é melhor indicada para pacientes com:
• Mamas muito flácidas;
• Aréolas e mamilos muito baixos ou desiguais.
• Mamas pendentes, porém, com volume satisfatório;

Vale lembrar que qualquer diagnóstico e procedimento cirúrgico só deve ser realizado por um profissional experiente. Sua saúde e beleza merecem total cuidado.
Entre em contato com o Instituto Perface para mais informações.

Saiba mais sobre