Dicas para prevenir a flacidez
A flacidez acontece quando existe a perda ou falta de tonicidade da pele e/ou dos músculos, podendo ser causada por vários motivos. Com o passar dos anos, as fibras que formam a pele iniciam um processo natural de perda de sustentação devido à falta de colágeno e elastina causada pelo envelhecimento. Hábitos de vida não saudáveis como má alimentação, tabagismo, sedentarismo e falta de proteção solar também contribuem para a flacidez, assim como alguns casos de perda de peso maciça.
A partir de cuidados simples e diários é possível amenizar esse processo. Saiba quais são os mais indicados:

• Ingira alimentos que estimulem a produção de colágeno regularmente: alimentos ricos em vitamina A, C e E e em minerais como o cobre, selênio, zinco, enxofre e silício contribuem para a manutenção da proteína no organismo.
• Cozinhe corretamente os alimentos: para manter vitaminas e minerais de legumes e verduras, procure manter as suas cascas e os fatie em pedaços maiores. Na hora de levar ao fogo, prefira o vapor ou temperaturas mais altas para grelhar, pois cozinhar muito os alimentos pode fazer com que eles percam seus principais nutrientes.
• Não fume: o tabagismo acelera o envelhecimento, contribuindo para o ganho de flacidez da pele e músculos.
• Beba bastante água: a hidratação do corpo mantém os tecidos saudáveis e o bom funcionamento do organismo.
• Use protetor solar diariamente: o sol é um dos principais agravantes do envelhecimento precoce, por isso, evite se expor entre 10h e 16h;
• Mantenha uma rotina de atividades físicas: manter os músculos tonificados ajuda a esticar a pele e diminuir a flacidez;
• Utilize cremes hidratantes: procure por produtos que contenham proteínas, vitaminas e nutrientes que ajudem no combate à flacidez e que possuam coenzima Q10, colágeno, retinol ou ácido hialurônico, mas antes, visite um dermatologista de confiança que ajudará a realizar a melhor escolha.

Em casos de flacidez já instalados, a cirurgia plástica e a dermatologia poderão auxiliar de uma forma mais eficaz. Veja quais os procedimentos e tratamentos mais indicados para esses casos:

• Lifiting facial: tem o objetivo de amenizar efeitos do envelhecimento, devolvendo à face e ao pescoço uma aparência mais jovem, descansada e com contornos mais definidos, através do reposicionamento do tecido muscular e gorduroso e também da retirada do excesso de pele.
• Blefaroplastia: é mais conhecida como a cirurgia das pálpebras e visa restaurar o aspecto natural ao redor dos olhos, conferindo ao olhar uma aparência mais descansada e alerta.
• Cirurgias de ex-obeso: são cirurgias indicadas para o tratamento de pacientes que apresentam uma grande perda de peso, após terem sido submetidos a cirurgia bariátrica, por exemplo. São elas: abdominoplastia (abdome), mamoplastia (mamas), braquiplastia (braços), cruroplastia (coxas), ritidoplastia (face) e torsoplastia (costas).
• Alguns tratamentos dermatológicos como peelings químicos, preenchimento com ácido poli-L-lático, lasers, radiofrequência, microagulhamento e outros estimulam a produção de colágeno na pele, o que ajuda a amenizar os efeitos da flacidez.

Siga as nossas dicas para minimizar os efeitos da flacidez e tenha uma pele mais saudável com uma aparência rejuvenescida. No entanto, lembre-se que qualquer tipo de tratamento cirúrgico deve ser acompanhado por um profissional especialista.

Saiba mais sobre