moldura-fb-aNo dia 9 de novembro, foi eleita em Moscou, na Rússia, a mulher mais bela do mundo. Todos os olhares se voltaram para a venezuelana Gabriela Isler, de 25 anos, vencedora do Miss Universo 2013.

Nas imagens que circulam pela rede, é possível perceber que a beleza da nova Miss Universo é um conjunto de genética e tratamentos estéticos e cirúrgicos. O nariz da venezuelana está mais afilado, as maçãs do rosto mais salientes e o queixo ligeiramente mais redondo.

O Cirurgião Plástico Dr. Fernando Nakamura, Diretor do Instituto de Cirurgia Plástica PERFACE, comenta sobre a importância dos aspectos estéticos em uma candidata a Miss e ressalta que é preciso ter cautela para que a naturalidade e harmonia sejam mantidas. É fato que tanto procedimentos cosméticos dermatológicos quanto cirurgias plásticas podem auxiliar e melhorar aspectos estéticos de mulheres que concorrem em concursos de Miss. No entanto, é importante ressaltar que qualquer modificação, seja na face, corpo ou nariz, deve ser realizada com extrema cautela tendo como objetivo manter a naturalidade e harmonia.

Vale ressaltar que no caso de uma Miss por exemplo, o padrão de exigência pessoal e também dos próprios jurados dos concursos é bem elevado, reforçando o conceito de que deve-se respeitar o padrão étnico da paciente e atingir resultados que realcem a beleza da pessoa, reforçando traços marcantes faciais ou corporais.

A rinoplastia é um procedimento muito comum nessas candidatas, uma vez que o nariz ocupa o centro da face e tem papel fundamental na expressão e harmonia do rosto. Um nariz proporcional, define melhor e realça estruturas como as maçãs do rosto, confere maior expressividade a face, definindo a distância entre os olhos e também melhor equilíbrio com os lábios.

Ao procurar um profissional para realizar esses procedimentos, é importante avaliar a qualificação e o senso estético do mesmo, uma vez que a rinoplastia bem sucedida pode trazer muitos benefícios, da mesma forma que a quando mal sucedida pode gerar complicações físicas e psicológicas de difícil tratamento.

Saiba mais sobre