perface-rinoplastia-cO Departamento de Medicina Emergencial da Johns Hopkins University School of Medicine, localizada em Baltimore, Maryland, fez um levantamento das principais contusões geradas em lutas de MMA. Os pesquisadores usaram como base um universo de 171 lutas sancionadas pela Comissão Atlética de Nevada, com 220 lutadores envolvidos, num período de três anos.

O nariz ocupa 10,4% entre os principais traumas em lutas de MMA.

O Cirurgião Plástico Dr. Fernando Nakamura, Diretor do Instituto de Cirurgia Plástica PERFACE, especialista em cirurgia de nariz e face, discorre sobre a frequência que o osso nasal é lesado.

Atualmente o MMA é um dos esportes que mais cresce no mundo. A popularidade do esporte tem atingido pessoas de diferentes faixas etárias, tanto do sexo masculino quanto do feminino.

Normalmente nos esportes de contato, frequentemente é acompanhando de traumatismos diversos pelo corpo. No MMA, essa estatística não é diferente. O osso nasal, pela localização central na face e também por ser saliente, é a região mais atingida, levando a diferentes tipos de fratura que vão desde lesões de pequenos fragmentos até a grandes tortuosidades do dorso nasal e afundamentos.

Em casos mais graves, pode fatalmente levar a prejuízos, tanto estéticos quanto funcionais, com problemas respiratórios que podem vir a prejudicar um atleta de alto rendimento em futuras competições.

É importante ressaltar que o tratamento dessas fraturas deve ser de preferência precoce, pois nessa fase o cirurgião encontra maior facilidade de reposicionar os fragmentos ósseos e tentar prevenir sequelas a médio e longo prazos.

Após redução da fratura, é necessário tempo de repouso para retomar os treinos e voltar a competições.

Vale  a pena ressaltar a importância de procurar um profissional qualificado e habilitado a tratar traumatismos nasais para que tenha um resultado estético e funcional adequados sem comprometer a continuidade da carreira do lutador.

Saiba mais sobre