O melasma é caracterizado pelo surgimento de manchas acastanhadas ou enegrecidas nas áreas mais expostas ao sol. As áreas mais afetadas são a testa, o buço e  as maças. o melasma é causado por juma maior produção da melanina, que é o pigmento da pele pelos melanócitos. Esse aumento ocorre devido a exposição ao sol. Existe também;em uma pre disposição genético e um forte papel hormonal no surgimento para mulheres que fazem uso de anticoncepcional e mulheres que fazem uso de reposição hormonal. A gestação grande é um grande fator de risco em que aproximadamente 50% das gestantes vai ter algum grau de macha no rosto.

temos 3 tipos de melasma: O epidérmico em que o pigmento se deposita nas camadas mais superficiais da pele, o melasma dérmico em que  o pigmento fica nas camadas mais profundas, sendo esse o melasma mais difícil de tratar por ser refratário ao tratamento e o melasma misto querem componentes dérmicos e epidérmicos.
E como tratar?
Primeiro é uso de protetor solar com proteção UVA e UVB, luz visível e com base pois ganhamos uma proteção adicional
O tratamento é dividido em duas etapas, primeiro tratamento da crise quando mancha está evidente e doeis tratamento de manutenção para impedir que essa mancha retorne
O tratamento depende da gravidade e da extensão do melasma, do tipo de pigmento, do tipo de pele. Existem varias ativos prótons e manipulados, clareadores orais e procedimentos para melas mas mais refratários. temos os peeling, o laser sendo esse de grande importância e avaliação pois não se pode usar qualquer laser no melasma, temo diversas opções que devem ser alinhados diretamente com a dermatologista que acompanha o caso. Temos ainda o microagulhamento, esse não deve ser feito profundo, se faz de forma mais superficial, podendo utilizar o drug delivery que seria aproveitar os orifícios do microagulhamento e coloca substancias clareadoras para ajudar na melhora do melasma

Saiba mais sobre