instituto-perface-plastica-adolescenteFoi exibido no dia 18/8 uma reportagem no Fantástico sobre o aumento do número de cirurgias plásticas realizadas em adolescentes, principalmente por estética.

Muito se falou sobre a responsabilidade do pai ao autorizar uma cirurgia plástica. Mas qual o papel do cirurgião diante desse cenário?

Dr. Fernando Nakamura – CRM-DF 17.858, Diretor Técnico da Perface, Instituto de Cirurgia Plástica, comentou a respeito do assunto e alertou a importância de uma avaliação profunda de cada caso.

A cirurgia plástica na adolescência tem sido algo cada vez mais comum nos consultórios médicos. Provavelmente devido a múltiplos fatores que estamos vivenciando atualmente como a constante exposição e valorização de padrões estéticos e padrões de beleza que acabam sendo impostos pela sociedade como modelos – Angels da Victoria Secrets, Gisele Bündchen, etc. Apesar de nem sempre esses modelos de beleza retratarem saúde e muito menos representarem uma maioria da população, mas isso gera mídia e de certa forma “vende” o padrão de beleza.

Em adolescentes, a cirurgia plástica deve ser analisada com muita cautela! Antes de qualquer preocupação estética, é fundamental analisar outros fatores mais importantes ao indicar um procedimento. Em primeiro lugar vem a saúde. O corpo tem que ter atingido seu total desenvolvimento físico antes de indicar uma cirurgia plástica. Esse desenvolvimento pode ser um pouco variável de acordo com cada pessoa (variando de 15 a 18 anos) e é algo bem individual. Portanto, não há uma idade específica, mas cabe ao cirurgião analisar com cautela para saber se realmente a paciente já se desenvolveu fisicamente.

Um outro fator muito importante que tem que ser analisado é a questão psicológica. Muitos adolescentes ainda não possuem uma opinião totalmente formada sobre o seu próprio corpo e também não sabem exatamente o que querem em termos de resultado. É relevante avaliar se o desejo de mudar a aparência é uma decisão pessoal ou se trata de uma influência externa.

Só podemos falar de sucesso em cirurgia plástica quando o paciente entende exatamente o que o cirurgião plástico pode de fato fazer para atingir um resultado assim como o cirurgião deve entender exatamente as expectativas do paciente.

Saiba mais sobre