O pode dos antioxidantes em atletas de alta performance
O aspecto psicológico é um importante fator no desempenho de um atleta profissional. Estar preparado para lidar com cobranças, expectativas, competitividade, derrotas e vitórias é fundamental para o alcance dos objetivos. Veja o que o Dr. Rogério Barros, nutricionista do Instituto Perface, tem a nos dizer:

Estudos demonstram que o estresse emocional tem impacto direto em nosso sistema antioxidante, fazendo o organismo desviar os nutrientes para dar “conta” desse estresse. Esse fator pode comprometer a performance do atleta.
Além desse caráter psicológico, a prática de exercício, mesmo que garanta muitos benefícios, também pode estar relacionada ao estresse oxidativo em atividades de alto rendimento. Embora ainda não seja conclusivo que o exercício induza esses “danos”, a possibilidade de manipulação do status antioxidante por meio da dieta enriquecida com alimentos antioxidantes naturais oferece uma possível estratégia segura para melhorar o desempenho.
Os alimentos que possuem característica antioxidante são frutas e verduras com alto teor de vitaminas A, C, E e o betacaroteno, minerais como o zinco e selênio e aminoácidos como a cisteína e a glutationa. A prescrição correta e bem elaborada de um plano alimentar deverá incluir uma alimentação diversificada e equilibrada para manter um status antioxidante fisiológico em atletas de alto rendimento.
Uma mente sã em conjunto com uma alimentação saudável e uma rotina regrada e correta de atividades físicas são fundamentais para a melhora da performance do esportista e futuras vitórias.
Entre em contato com o Instituto Perface e agende uma consulta com os nossos nutricionistas.

Saiba mais sobre