Saiba como reequilibrar a dieta após a Páscoa

A Páscoa é um dos feriados mais tradicionais no Brasil e no mundo. De origem cristã, recorda o dia da ressurreição de Jesus, mas acabou incorporado por praticamente todas as crenças – que celebram à sua maneira, geralmente em grandes reuniões de família. Exatamente por isso, são muito comuns os exageros gastronômicos, que vamos buscar aliviar neste artigo com dicas úteis para quem quer reequilibrar a dieta pós-Páscoa.

Como superar o excesso de chocolate?

Os famosos ovos de páscoa, as barras de chocolate e até as sobremesas artesanais que estão na moda, geralmente possuem duas coisas em comum: quantidades enormes de açúcar refinado e uso de chocolate industrializado, cheio de gordura.

Não é nem preciso dizer que para reequilibrar a dieta é preciso cortar os chocolates, certo? Mas isso pode ser uma tarefa muito difícil. Um estudo recente apontou que algumas pessoas podem desenvolver um vício em açúcar similar ao vício em drogas como a cocaína! Portanto, não espere uma tarefa fácil, substitua o chocolate por sobremesas naturais, como frutas bem maduras. Se não for suficiente ao seu gosto, adicione mel em pouca quantidade.

Saiba como reequilibrar a dieta após a Páscoa

A gordura presente nos chocolates da Páscoa precisa ser combatida também, através do consumo de alimentos com baixo teor da substância: vegetais verdes e carnes magras são alguns exemplos. Nada de frituras ou mesmo salgados de forno! Também é importante destacar que existem alimentos naturais, como amendoim e abacate, que são bastante gordurosos e devem ser evitados.

Nós sabemos que é difícil terminar o feriado com muitos chocolates na geladeira e não poder aproveitar. Mas você também pode usá-los como motivação para não consumir nenhum doce fora de casa (lembra daquela sobremesa na hora de almoço da empresa?), já será um começo! Uma ideia diferente é tomar uma atitude generosa e doar a maioria desses chocolates para crianças em situação de rua – assim você cuida da dieta e também torna a Páscoa deles um pouco melhor!

Exagerou no vinho ou na cerveja? Detox neles!

O consumo de álcool também costuma passar um pouco do limite durante a Páscoa. Não só pelos tradicionais almoços de família onde as garrafas de vinho costumam reinar, mas também pelos dias de folga que propiciam encontros com os amigos – e neles geralmente a cerveja é quem está mais presente.

O excesso de bebidas alcoólicas na Páscoa acarreta basicamente dois problemas: a desidratação e a falta de energia (popularmente conhecida como “ressaca”), podendo ser acompanhadas por dores de cabeça. Logo de cara, reforçamos que é fundamental consumir pelo menos 2L de água por dia, reestabelecendo o nível de hidratação que nosso corpo precisa para funcionar plenamente e equilibrar a dieta.

Saiba como reequilibrar a dieta após a Páscoa

Para uma mulher com cerca de 60 quilos, o corpo demora aproximadamente 18 horas para eliminar 5 taças de vinho (teor alcoólico médio de 12,5%). Para um homem com cerca de 80 quilos, 5 latas de cerveja demoram cerca de 10 horas para deixarem seu organismo. Levando em consideração que o consumo de bebidas pode ter acontecido em dias seguidos, são dias com o corpo e o fígado sobrecarregados.

Tendo isso em vista, uma poderosa ferramenta são os chamados “sucos detox”, combinando verduras e frutas geralmente, com o objetivo de aliar suas características e acelerar o processo de eliminação de toxinas do nosso corpo.

Para te incentivar a começar a dieta reequilibrante hoje, aí vai uma receita super simples:

  • Três laranjas, uma cenoura e uma folha de couve

A laranja é rica em vitamina C, antioxidante natural e grande ajuda para o sistema imunológico, enquanto a couve ajuda a limpar o fígado e a cenoura potencializa os ganhos na pele, pois possui betacaroteno.

Se você gostou das dicas, consulte nossos serviços de nutrição e agende uma visita! Gostaria de ser avisado sobre condições especiais ou obter mais informações sobre cirurgias plásticas? Entre em contato conosco! Nós, do Instituto PERFACE, teremos o maior prazer em atendê-lo.

Saiba mais sobre