Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

A região abdominal é uma das áreas do corpo que mais pode afetar a autoestima de uma pessoa. Seja pela dificuldade na escolha de roupas ou por representar socialmente o oposto do que hoje é considerado o “corpo ideal” – atlético e tonificado -, o excesso de gordura, pele e flacidez local incomoda e é alvo dos mais diversos procedimentos estéticos, incluindo as cirurgias plásticas, como a abdominoplastia. Neste artigo a explicamos em sua totalidade, para que a decisão de procurá-la seja feita de maneira consciente, como devem ser todas as escolhas referentes a intervenções cirúrgicas.

O que é uma Abdominoplastia?

Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

A Abdominoplastia é o procedimento cirúrgico que visa corrigir excessos de pele e gordura no abdome, além da reparação dos músculos abdominais, quando enfraquecidos e separados. Ela é realizada em ambiente hospitalar com a presença de um anestesista e exige alguns dias de recuperação pós-operação.

O que acontece antes de uma Abdominoplastia?

Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

Algumas orientações acontecem previamente a essa como a qualquer procedimento cirúrgico. No caso da abdominoplastia, não há uma idade específica para realização da cirurgia plástica, a única contraindicação é para mulheres que ainda desejem uma gestação e pessoas que já tenham realizado outros procedimentos na região.

Ainda no pré-operatório, é fundamental para o sucesso da abdominoplastia que o paciente tenha o Índice de Massa Corpórea (IMC) próximo ao indicado para seu peso e altura. Em alguns, por este motivo, é recomendado um acompanhamento nutricional prévio à cirurgia plástica, para que obtenha mantenha o peso adequado .

O que a Abdominoplastia não corrige ou substitui

Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

  • Estrias, a não ser que as mesmas estejam localizadas na região abaixo do umbigo, que será ressecada.
  • Exercício físico. É muito importante ressaltar que essa cirurgia plástica não substitui um programa de exercícios físicos regular, que comprovadamente tem ganhos nas áreas cardiovascular e cerebral, dentre outras.
  • Dieta balanceada. Assim como os exercícios, o fato de não ter uma alimentação equilibrada não pode ser compensado por uma abdominoplastia.
  • Manutenção de peso. Principalmente em relação à durabilidade dos resultados do da cirurgia plástica, é preciso evitar mudanças drásticas no IMC.

Como é realizada a Abdominoplastia

Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

A primeira etapa da cirurgia plástica é a aplicação de anestesia – sedação intravenosa que pode incluir anestesia geral, de acordo com a orientação do anestesista responsável.

A etapa seguinte inclui uma incisão horizontal na área entre a altura do púbis e o umbigo. A forma e o tamanho deste corte serão determinados pelo grau que é necessária a correção. Após a abertura, os excessos de tecido e gordura são removidos e os músculos corrigidos e suturados. 

Quais são os resultados da Abdominoplastia?

A abdominoplastia geralmente resulta em um contorno corporal mais suave e condizente com o tamanho do corpo do paciente nesta região e peso, eliminando o provável contraste que existia anteriormente.

A sensação de menor volume na região abdominal acontece logo após o fim dos efeitos da anestesia. O efeito final fica mais visível para ser observado totalmente quando o paciente pode ficar na vertical – isto é, após o processo de cicatrização interno, que demora de uma a duas semanas.

Como é o pós-operatório de uma Abdominoplastia?

Depois do procedimento, bandagens e curativos serão normalmente posicionados sobre os locais das incisões, possivelmente envoltos em bandagem elástica ou de compressão, com o objetivo de evitar inchaço e preservar os contornos do abdome enquanto acontece a cicatrização. Um dreno (tubo de sucção) pode ser colocado sob a região para captar qualquer excesso de fluido que possa ter se acumulado.

Como manter os resultados da Abdominoplastia?

Saiba tudo sobre a Abdominoplastia

Essa cirurgia plástica, como a maioria com efeito majoritariamente estético, consiste em remover excesso de tecido e gordura, além de corrigir imperfeições. E como parte de nosso corpo, a região da abdominoplastia está sujeita às alterações nele – especialmente às de peso, que a afetam diretamente. Cada corpo armazena a gordura em determinados locais, onde frequentemente se identifica como foco da “gordura localizada”, que pode ser corrigida em outros procedimentos, como a lipoaspiração. O padrão deste armazenamento segue uma combinação da genética do indivíduo e seus hábitos pessoais.

Por isso uma dieta equilibrada e uma rotina de exercícios físicos são fundamentais para a manutenção desta cirurgia plástica. De uma forma geral, quanto mais preservada sua saúde, maior será a durabilidade da abdominoplastia ou qualquer outro procedimento.

Ainda tem alguma dúvida sobre a abdominoplastia ou quer saber mais sobre outras cirurgias plásticas? Entre em contato conosco ou agende uma visita, será um prazer para o Instituto PERFACE responder aos seus questionamentos.  

Saiba mais sobre