Tubérculos: os queridinhos das dietas!

São tantas modinhas de dietas que vemos por aí que chega a ficar difícil de entender qual se deve seguir, não é verdade? Depois da enxurrada nas redes sociais de celebridades apostando nos sucos detox, tapiocas e omeletes, os queridinhos do momento são os tubérculos. Para não ficarmos seguindo dietas sem o apoio de um verdadeiro profissional no assunto, a Drª Isabelle Caiado, nutricionista do Instituto PERFACE, traz uma série de informações importantes para apostarmos nesses alimentos sem a culpa da desinformação.

Por mais que vejamos na nossa timeline no Instagram e nos feeds do Snapchat nutricionistas e celebridades levantando a bandeira para a adoção dos tubérculos na dieta, essas raízes não são nenhuma novidade na mesa de ninguém, porém a frequência e forma com que foram recentemente incluídas na alimentação, é sim um destaque. Isso se deve ao fato de que carboidratos por várias vezes foram encarados como alimentos engordativos, mas, atualmente, sabe-se que o consumo moderado dos tubérculos são uma ótima opção para quem busca uma forma saudável e eficiente de proporcionar energia para o organismo.

Por mais que sejam carboidratos, a maioria desses alimentos tem índice glicêmico médio, isto é, liberam açúcar gradualmente na corrente sanguínea, evitando picos de insulina no corpo. E lembre-se: não são todos os tubérculos que tem índice glicêmico médio e de nada adianta se você optar por fritá-los ao invés de preferi-los cozidos, ok?

Vale lembrar que esses tubérculos, são mais saudáveis se forem consumidos na opção orgânica. Além do índice glicêmico ser um benefício da maioria dos tubérculos, a quantidade de fibras fazem com que o intestino funcione de forma mais regulada, auxiliando em uma maior saciedade.

Quer uma receita incrível, light e fácil de preparar com um dos meus tubérculos preferidos? Anota aí:

Chips de batata-baroa

Ingredientes:

  • Batata-baroa, mas pode ser batata-doce se você preferir 😉
  • Ervas de provence
  • Pimenta do reino
  • Azeite
  • Sal do Himalaia ou sal rosa

Modo de preparo:

Higienize os tubérculos de preferência com hipoclorito de sódio, descasque e corte-os em rodelas, sem ser muito tão finas para que não grudem na assadeira e nem tão grossas para que elas fiquem crocantes. Arrume as batatas numa assadeira grande coberta com papel manteiga e tenha o cuidado para não colocá-las uma em cima da outra. Em seguida, tempere com um pouco de sal, pimenta do reino, ervas de provence e despeje uns fios de azeite sobre as batatas, sem encharca-las. Leve a assadeira ao forno preaquecido a 180° por cerca de 30 minutos, e não se esqueça de virá-las na metade do tempo.

Calibre o seu cardápio com diferentes opções como inhame, cenoura, batata-baroa, mandioca, batata-doce, cará, beterraba, entre outros, mas lembre-se de que a alta ingestão de qualquer tipo de tubérculos pode não proporcionar perda de peso, mas exatamente o contrário, principalmente se adotadas as opções de tubérculos com alto índice glicêmico como a batata inglesa. O ideal para quem deseja emagrecer é o consumo moderado – por volta de 30g de batata-doce por dia – e respeitando as individualidades bioquímicas de cada um. Não adianta copiar o cardápio da celebridade da rede social sem respeitar as suas necessidades e rotina de exercícios que são totalmente diferentes, combinado? Procure o aconselhamento de seu nutricionista ou um médico e lembre-se que adotar uma alimentação saudável e equilibrada é o melhor caminho para se obter resultados satisfatórios e qualidade de vida.

Interessou-se por esse artigo e quer tirar dúvidas com um de nossos nutricionistas? Agende um contato conosco e revele a sua atitude!

Saiba mais sobre