A cirurgia de nariz deve ser considerada nas seguintes situações:

  • quando existir incomodo em relação a forma, tamanho ou ângulo do nariz.
  • quando o nariz for muito grande ou muito pequeno ou desproporcional em relação a face.
  • se houver dificuldades respiratórias secundárias a algum problema na anatomia interna ou externa do nariz.
  • se houver giba nasal (osso ou cartilagem salientes no dorso do nariz), ou ponta nasal caída, muito elevada ou muito larga.
  • em casos de problemas congênitos em que o paciente almeja uma melhora no resultado estético e funcional.

Através da retirada ou acréscimo de osso e cartilagem do nariz, o mesmo pode ter o tamanho reduzido ou aumentado, assim como alongado ou encurtado.
Existem duas técnicas básicas para realizar a cirurgia do nariz: a rinoplastia aberta e a rinoplastia fechada. Na abordagem fechada são realizadas incisões internas, com acesso as estruturas nasais e uma dissecção reduzida, permitindo uma recuperação relativamente mais rápidae sem cicatrizes externas. Na abordagem aberta, há uma pequena incisão na columela (região na base do nariz que divide uma narina da outra), conectando as respectivas incisões internas dentro de cada narina. Possui a vantagem de ter uma ampla exposição das estruturas nasais permitindo em alguns casos, maior precisão durante a cirurgia.

É de extrema importância que o paciente converse com o cirurgião sobre as queixas de forma detalhada, assim como sobre as possibilidades cirúrgicas e possíveis complicações.

A escolha do cirurgião é fundamental e o paciente deve estar atento a alguns detalhes:

  • verifique a formação do profissional que fará sua cirurgia (faculdade onde ele se formou, local onde realizou a residência de cirurgia geral e de cirurgia plástica). Opte por cirurgiões provenientesde instituições tradicionais e renomadas.
  • verifique se o profissional escolhido é membro da sociedade médica que abrange a especialidade. Ex: SBCP – Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, AExPi – Associação dos Ex Alunos do Professor Pitanguy, ASPS – American Society of Plastic Surgeons, etc.
  • dê preferência por cirurgiões que sejam especialistas em cirurgia de nariz, que tenham uma subespecialização na área, uma vez que trata-se de uma cirurgia complexa.
  • procure saber os locais em que o médico costuma operar. Seja hospital ou clínica, os mesmos devem oferecer total segurança.
  • procure referências de pessoas que já se submeteram a uma cirurgia com o profissional para saber mais a respeito do grau de satisfação, atendimento e suporte do médico e da equipe.

Saiba mais sobre